ENXERTO ÓSSEO

 

Quando é realizado o enxerto ósseo?

    Em casos onde não há espessura e/ou altura suficiente de osso para a realização de um procedimento reabilitador como, por exemplo, implantes dentários. O enxerto ósseo também é muito utilizado para ganho exclusivamente estético, visando apenas favorecer o resultado final.

 

De onde vem o osso utilizado?

    São oriundos de diversas fontes, podendo ser bovino, sintético feito em laboratório, humano de banco de ossos ou até mesmo do próprio paciente. Neste último caso selecionamos a região doadora de acordo com o caso, sendo muito utilizado osso do ramo da mandíbula, do queixo e da crista ilíaca (bacia).

 

O que ocorre com a região doadora, de onde foi removido o osso do paciente?

    Ela regenera em poucos meses, não deixando cicatrizes nem sequelas.

 

Pode dar rejeição?

    Não. Todos os ossos disponíveis no mercado são rigorosamente tratados com antibióticos, são esterilizados e passam por um controle rigoroso da Anvisa.

 

Existe algo que possa substituir o enxerto?

    Sim, existem os implantes de zigomáticos (implantes inseridos no osso zigomático) e a técnica de expansão óssea. A primeira está praticamente em desuso e a segunda é muito bem fundamentada e nos propicia colocar implantes em regiões de osso fino.

    Há também técnicas como levantamento de seio maxilar atraumática de Summers e lateralização do nervo alveolar inferior, onde é possível a colocação de implantes dentários em regiões com pouca altura de osso e sem o uso de enxertia.

 

Quando eu faço enxerto o tratamento é mais demorado?

    Depende do tipo de enxerto utilizado e do objetivo do mesmo. Quando colocado junto com o implante normalmente não altera o período de espera. Quando colocado separadamente o tratamento completo pode durar de 6 a 15 meses.

 

Diferenciais:

    O Centro odontológico Dal Pizzol utiliza exclusivamente enxertos  bovinos da marca Geitlish (Biooss/Suíça), líder mundial em qualidade e referência em pesquisas científicas, podendo realizar todos os tipos de enxertos reabilitadores com alta previsibilidade de resultados.

 Texto escrito na íntegra pelo dr. Mauro Dal Pizzol. Cópias não autorizadas.

(51) 3592-6006 | contato@clinicadalpizzol.com.br